quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

A Fuga do Homem

O ser humano em muitos de seus aspectos, um dos que me chama mais atenção, e o medo de assumir um erro. Muitos colocam a culpa em um ser malvado que quer a destruição da humanidade, entre outros...


Algumas pessoas até usam de muita inteligência em alguns casos ao se utilizam de fatos ou de um jogo bem formado de palavras onde a única intenção é redirecionar a culpa ou erro que é somente dele(a), para outra pessoa, ser, entidade etc... e eu digo para mim mesmo.

... para resolver um problema familiar, amoroso, no trabalho ou a te mesmo social, existe uma grande falta de inteligência em algumas pessoas, mas quando o assunto e se livrar de assumir um erro e assumir a responsabilidade pelo mesmo, esta pessoa passa de uma simples pessoa para um expert em estratégia...”,

Pois é, são casos e casos que eu tenho visto nesta curta, mas ao mesmo tempo longa vida que tenho. Mas o que as pessoas não imaginam, e que elas acham que estão sendo espertas agindo assim, mas quando se olha para o quanto que elas estão perdendo, ai você vê que não são tão inteligentes assim, ou pelo menos não usam a inteligência que tem, não entendeu? Bom, vou tentar explicar.


Quando a pessoa comete um erro, seja ele qual for, ela pode optar em algumas escolhas, ela assumi e encara as consequências; ela mente, ou simplesmente procura jogar a culpa em outra pessoa ou entidade, a maioria corre para o mais fácil, que e fugir das conseqüências, mas você já parou para pensar “..mas e se eu tivesse assumido, além de passar por um grande constrangimento ou alguma situação chata, o que mais eu perderia?..” E eu digo, a experiência vivida e a maturidade adquirida.

Muitos podem achar bobagem isso que eu falei, ou pelo menos é o que muitos demonstram da boca para fora, mas internamente ela sabe o que esta perdendo... ou pelo menos alguma coisa ela sente que não esta certo ou que esta deixando de “avançar”.

Porque quando erramos e assumimos a culpa, não e só constrangimento que recebemos, mas recebemos algo muito maior e bom, mas isso só acontece quando nós nos colocamos no lugar de observador de si mesmo, revendo o que fizemos, os motivos que nos levaram a cometer tal ato e quais as outras opções existiam... Mas não vai achando que isso é algo fácil... apesar de ser... bom, para termos essa visão precisamos nos tirar do “pedestal” que muitas vezes nos colocamos, isso se chama humildade....

Quando se assume o erro nós amadurecemos, aumentamos nossa bagagem de experiência e também podemos compartilhar e aconselhar quem estiver passando por situação semelhante, pois aprendemos com aquela situação e passamos a compreender melhor e com uma visão mais clara.

”..Se as pessoas apenas olharem para o lado negativo das situações, ira chegar uma hora em que elas não conseguirão nem sair de casa, mas quando se olha para o lado positivo (sempre existiu e sempre existirá os dois lados) de cada situação, então você ira ver que, a mais a se ganhar do que de se perder..”

Paulo Cuba

Um comentário:

Bel disse...

Poxa, pensei que o segredo da felicidade era encontrar em quem pôr a culpa!! hahahahaha (brincadeira!)
Boa reflexão!