segunda-feira, 16 de maio de 2016

A Soma das Forças

Uma teoria sobre do porque alguns relacionamentos acabam não vingando... E é qualquer relacionamento, seja ele amoroso, amizade, familiar, entre colegas de trabalho etc. Fora a parte de futilidade, pessoas acomodadas, falsidade e canalhice, que é óbvio que isso acaba com qualquer relacionamento entre duas ou mais pessoas, creio que o quê mais acaba com relacionamentos é a questão da falta de parceria, de agregar alguma coisa na vida da outra pessoa... As pessoas estão acostumadas com "metade de laranja" com a ilusão de que alguém tem que "completar" a outra pessoa. Todos somos completos, se você por acaso não se sente completo é porque escolhas que você fez te faz se sentir assim, e não vai ser outra pessoa que vai resolver esse problema, talvez ela possa te ajudar a você ver essas escolhas erradas, mas ela não vai resolver isso no seu lugar. Uma pessoa deve somar com a outra, não igualar e muito menos subtrair. Acredito que o que acaba desgastando a relação de convivência de duas ou mais pessoas é uma querer sugar de mais de alguém achando que isso vai tampar ou completar algum "buraco", ou por comodismo mesmo, e isso não vai resolver seu problema porque se continuar assim, se tornará um parasita. Regra básica de crescimento... Ninguém cresce igualando, cresce somente somando. Paulo Cuba.

sexta-feira, 11 de março de 2016

As Três Escolhas

O Covarde vê o desafio, se amedronta e procura o meio mais fácil.

O Fraco até que tenta, mas logo desiste, não por ser fraco, mas por não acreditar em sí mesmo.

O Forte tenta, cai, apanha, mas continua tentando e nunca desiste até conseguir.

Aí vem o Covarde e questiona o forte. -"Porque tentar se pode desistir e ir no mais fácil?".
O forte responde -"Porque desistir? Se o medo só existe dentro de mim porque desconheço o que há ali na frente, se eu arriscar e conhecer, eu não terei mais medo"

O Fraco fala ao Forte -"Porque ainda tentar se não sabe se vai dar certo"?
O Forte diz que -"Eu nunca vou saber até onde posso ir se eu não for, jamais saberei meus limites e se eu posso vencê-los, se eu não me esforçar ao máximo e arriscar até onde conseguir ir"

Moral da história. Alguém só sabe até onde pode ir e quais são suas capacidades, se arriscar, não se deixar levar pelo o que as pessoas vão falar de você, se vão te apoiar ou criticar. Vá, se for bom é vitória, se não for bom ou não valer tanto apena quanto achou que valeria no começo, reveja seus conceitos e siga nova direção.

Paulo Cuba.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Descrição de uma reflexão

Sou como a grande maioria das pessoas. Sou chato, sou legal. Amigo e duro. Gosto de curtir a vida, sorrir até doer à barriga, mas também choro. 

Sou de carne e osso como todo mundo é. Muitas vezes julgam uma pessoa pela casca que a cobre, só que na maioria dos casos ela pode ser o oposto do que acham. 

Na verdade, somos o que sentimos, somos o reflexo de nossas experiências ruins e felizes, somos nossas perspectivas futura. 

Sou puro e sujo, sou o que eu mais gosto em mim e o que mais odeio. 

Na verdade sou tudo e nada. Sou uma criança e sou um ancião. 

Qual aquele que realmente se conhece ao ponto de poder detalhar-se? Somos o que somos, fragmentos de nossos medos e desejos...

Paulo Cuba

terça-feira, 21 de abril de 2015

A força que precisamos ter

Andando com minha moto o pensamento vai longe, ultimamente tentando resolver problemas, mas observo ao meu redor e vejo moradores de ruas, pessoas que se aventuraram em caminhos duvidosos, que por algum motivo acabaram dependentes das drogas, pessoas sem rumo ou completamente no fundo do poço, ai olho para dentro de mim e vejo que todos nós temos problemas, e meus problemas são pequenos comparados aos problema e com as preocupações de outras pessoas. Esse reconhecimento deveria me acalmar, me deixar tranquilo, mas não deixa.

As vezes estamos todos no mesmo barco e com a mesma carga pesada nos forçando para baixo, mas o que muda é o que está em cima de nós, ou seja, o peso do problema. Pode ser financeiro, familiar, dificuldades no trabalho ou no relacionamento, ou mesmo a ausência de alguém em nosso coração... mas mesmo assim todos temos pesos nos forçando para baixo.
As vezes eu fico só observando e vejo que quem mais precisa, quem mais está sobrecarregado(a), são aquelas pessoas que mais oferecem ajuda, que mais são solidárias.

Talvez porque entendem o quanto é valioso a ajuda, o companheirismo de alguém e a presença de alguém para que não nos sentimos sozinhos.

São nos lugares mais inesperados que podemos encontrar uma mão para nos segurar, um abraço confortável ou uma palavra amiga...

Infelizmente nem sempre temos a sorte de alguém assim existir em nossas vidas e precisamos por mais difícil que seja, ser forte, superar a cada desafio e a cada obstáculo, porque se não fizermos isso, ninguém o fará. Somos controladores e detentores de nossas vidas, precisamos escolher para onde devemos ir, caso contrário não podemos reclamar amanhã do caminho que seguimos e nem do destino que chegamos.

Sempre podemos recomeçar, voltar em uma decisão errada e fazermos de novo, mas não podemos apagar o que já fizemos nem apagar as palavras que falamos, mas podemos aprender com nossos erros, nossas falhas e com nossa arrogância, ir aprendendo com nosso erros até não cometermos mais essas falhas.

Podemos ser felizes e podemos ser fortes, tudo vai depender do que você realmente deseja para sua vida, das energias positivas que emana para fora do seu corpo e da sua mente, temos o controle, então devemos controlar nossa vida e nossas escolhas para amanhã ficarmos bem.

Paulo Cuba.

Assim ela foi e será

Sob uma tarde parcialmente ensolarada, caia uma leve garoa sobre o campo esverdeado, umedecendo o solo fértil preste a receber a semente que frutificou muitas vidas, muitos sorrisos e germinou muitas histórias.
Semente que teve uma boa vida e deixará lembranças e saudades.
Amigos e família partilham das alegrias e tristezas, compartilhando as lembranças com risos e lágrimas. Não lágrimas amargas de dor e sofrimento, mas lágrimas doces de saudades de uma vontade de “quero mais” que todos temos.
Momento difícil e triste de uma partida, seguida de uma alegria por saber que alguém tão amada e querida não sofre mais, e que agora volta a pureza de sua essência, por sabermos que não há vida no sofrimento, mas sobrevivência. Agora ela vive nos corações e nas lembranças de cada um que teve o prazer de conhece-la, de senti-la e ter satisfação de ter compartilhado um pouco de sua vida com a vida dela.
Sempre te amaremos Vovó, vó, mamãe, mãe, Dona Laurinda ou Laurindão... Entre outros nomes carinhosos que te chamávamos.
Autor: Paulo Cuba

segunda-feira, 2 de março de 2015

Palavras ao Ar

Fatos descasos e rastros nunca marcados,
Marcas imaginárias registram a magia do existir.

Tudo são emoções, boas e ruins e até aquelas que achamos não existir.
A existência é tudo dentro do nada, mas o nada só existe se tudo existir.

O que é aquilo e o que não é, fatos desolados caídos no esquecimento lutando dentro de uma mente alerta. Tudo e nada se resumem em uma só palavra, vida.

Vida valiosa, vida vivida, amada e sofrida. Marcas que ficam na eternidade, que moldam o que seremos no dia a seguir.

Somos tudo e somos nada, somos o que desejamos ser e o que desejamos nunca ser. O completo só é completo se também falta.
Palavras vazias cheias de conteúdo, vida repleta com ausência de sentido.

Só vivemos uma vez ou nunca valerá nenhuma vida que vivemos.
Marcados pelo destino caminham sem saber seu destino, mas caminham.

Alegre-se na tristeza, pois sem ela nunca saberia o que é alegria.

Nossas mentes e intenções sabotam nossos corações.
Use o ontem para enxergar melhor o dia que raiar. Viva a vida para o amanhã surgir.

Paulo Cuba.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Sonhos

Sonhos são feitos de desejos que criamos dentro de nós. 
Quando sonhamos com algo, procuramos criar circunstancias para que ele se realize, seja com mudança de comportamentos, seja com algum curso ou conceitos diferentes; Caso não fizermos algo para trilhar nosso caminho e alcançarmos nosso objetivo, nada acontecerá, veremos apenas de longe o que um dia poderia ser.

Autor: Paulo Cuba.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Você é o que você faz.

Tem pessoas que são maravilhosas esta perto, já outras nem tanto. Mas já vivemos situações e conhecemos que pessoas que no dia a dia parecem ser uma pessoa maravilhosa e outras nem da vontade de estar perto, mas por ironia do destino acabamos convivendo mais frequentemente com uma dessas pessoas e em alguns casos descobrimos que aquela pessoa maravilhosa, na verdade é alguém desprezível, e já aquela pessoa que nem fazíamos questão de ter perto passamos a descobrir que é alguém maravilhoso.

Isso é mais comum do que se imagina, algumas pessoas adotam um "ator/atriz " para filtrar certas pessoas e passam a mostrar quem são depois de um tempo, porque querem apenas amigos e pessoas próximas que valorizam o interior e não o exterior. Mas algumas pessoas fazem isso para querer enganar ou só para ter pessoas perto alimentando sua carência.

A questão em é que acabamos sendo "rotulados" pelo esteriótipo que formamos e não por quem realmente somos ou os motivos que nos levam a fazer isso, e apenas poucas pessoas querem saber realmente quem você é, pois a maioria nem se importam.

Se você é uma pessoa ruim, fútil, interesseira ou daquelas que usam a mentira como estilo de vida, pense a respeito se é um tipo de vida que vale apena quando se coloca no lugar do outro... Se você não gosta que te enganem, usem e mintam pra você, se coloque no lugar da pessoa que você esta engando e se imagine acreditando em alguém como você. Não se você é ingenuo, mas só confiamos em pessoas que temos algum tipo de respeito, e quem confia em você, antes de enganar e usar, veja, que mesmo sem merecer você é respeitado por alguém, e nada compra respeito e confiança.. Mas quando são perdidos esses valores por uma pessoa, dificilmente conseguem reconquistá-los de volta... Valorize isso.

Se você tem índole, caráter e gosta de ver as pessoas de bem felizes, não se acanhe ou recue diante de problemas ou de pessoas fúteis e interesseiras, continue, o mundo precisa mais de pessoas verdadeiras e de coração bom, porque são essas pessoas que fazem a diferença no final das contas e, ser assim tem suas recompensas pessoais como, satisfação, sua consciência e saber que você tem algo bom dentro para oferecer.

"Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.
Confúcio"

Paulo Cuba.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Viver a vida

Precisamos viver nossas vidas em sua plenitude, fazer e correr atrás de nossos sonhos e desejos, ir atrás do objetivo que é nossa vida e vivermos de verdade. Não podemos acordar todos os dias e tocar a "vida" sem rumo e sem destino, sem controle de sua própria vida como uma folha caída ao chão, que o vento leva para onde ele quiser e a folha se controle sobre sua própria direção.

Não podemos viver para agradar os outros, nem PAI, nem MAE, nem TIO, TIA, VÓ, VÔ, CACHORRO, PAPAGAIO.. Seja lá o que for, pois quando chegarmos no final de nossa jornada iremos olhar pra trás e ver que passamos o tempo de nossas vidas fazendo o que OS OUTROS quiseram que fizemos, vivemos paralelamente a vida que outra pessoa escolheu para nós, mas não vivemos nossas vidas em buscas do que realmente queremos.

Conselhos e puxões de orelhas são bons? Muito mesmo, quando são bem aplicados e vê apenas a satisfação e o bem da pessoa. Mas abram os olhos, tem muitos "conselheiros" por ai com nomes de mae, pai, irmão(ã), amigos, colegas etc que querem apenas manipular para você fazer as vontades deles de forma egoísta.

Ter as rédeas de nossas vidas nas mão da medo? MUITO, acredite. Mas é um medo porque não sabemos como lidar e não conhecemos este "terreno", é um mundo novo para quem vive as sombras de outra pessoa, mas é preciso, não podemos ficar "ancorados" esperando só o dia virar noite e a noite virar dia, ver os anos passando por entre nossos dedos.

Já sentiu que a vida parece não fazer sentido? Aquela sensação de que "algo" nos falta? Como se perdêssemos o "tesão" em acordar, estar de bem com a vida e sentir-se vivo? Já? Pense em sua vida, talvez você parou de viver sua vida e esta vivendo a vida que outra pessoa quer, talvez você parou de viver sua vida esperando alguém ou esperando uma situação para você ter "motivos" para "viver", ou acha que não há mais tempo e que esta velho ou velha de mais, ou que não tem capacidade para viver porque desacreditou na vida... Se esta assim é porque você não sabe o potencial que tem porque se deixou abalar mais do que o necessário por problemas que a vida lhe colocou ou, por problemas que você mesmo se colocou e se nega a querer aprender com ele...

Imagine se todas as pessoas do mundo morrerem e você se ver o único ser vivo dos seres humanos na face da terra? O que você faria e o que você pensaria para ter motivos ou ser motivado? Nessa situação é você com você mesmo, ou acorda pra vida ou você passará sua vida toda dormindo e acordará quando chegar o final, e o que você sentira mais vontade nesse momento é voltar e fazer tudo diferente, arriscar mais as coisas e procurar viver sua vida, e não a vida que fulano ou ciclano ditam para você fazer.

Pense nisso, você esta vivendo sua vida, ou esta só vivendo a vida que alguém não teve pra sí mesma e quer que VOCÊ faça o que ela não fez no lugar e na época dela?

Tempos tempo para tudo, mas quando o tempo acabar, acabou.

Paulo Cuba.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Não julgue pela aparência

Não me surpreende muitas pessoas quererem viver uma vida que não pertencem a elas... Alguém que tem uma vida com status mais popular, com mais dinheiro... Isso ou aquilo... Querem tudo, mas não querem o que realmente sua vida é, então pessoas assim pegam rabeira na vida de alguém que ela gostaria de ser, de viver como ela, sentir um pouco do que ela sente, saciar aquela vontade que vem de dentro de ser como aquela pessoa...

Essas pessoas vivem assim de forma tão intensa que acabam perdendo um pouco da realidade de suas próprias vidas, acabam fazendo contra determinada pessoa alguma coisa, mas creem veemente que foi ao contrario.. E isso acontece porque essas pessoas se colocam tanto na vida da outra pessoa que acabam tendo o ponto de vista delas, mas não veem que a outra pessoa que cometeu tais coisas é ela mesma.

Vivam com o que tem, seja o que for, não se inferiorize porque acha que não tem o bastante, ou porque você acha que fulano ou ciclano tem o que não merece, isso não te cabe julgar, como da mesma forma não cabe a outra pessoa julgar o que você merece ou deixa de merecer.


O "lixo" que muitas pessoas dizem ter, é o "tesouro" de outra pessoa. Pensem nisso.

A felicidade é aproveitar o que conquistaram e possuem, e não invejar o que os outros tem.

Valorizem o que possuem e não fiquem ouvindo comentários de amigos e amigas superficiais e fúteis que pensam apenas no próprio umbigo, porque elas(es) não vão deixar de viver a própria vida como querem por causa de vocês.

Paulo Cuba

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

A Vida Não é Fácil.

Quem disse que a vida é fácil? Quem disse isso não sabe o que é uma vida e muito menos viver, não sabe o que são ferimentos e muito menos os problemas que vem em forma de obstáculos para fazermos parar com nossa jornada e nos desanimar. Quem disse que viver é simples, não sabe o que é sair da zona de conforto e arriscar novos terrenos e desafios, e além de tudo, quem diz que viver é fácil é porque nunca enfrentou seus fantasmas e medos, nunca teve que lutar com o ser mais forte que existe, que é você mesmo.

Viver realmente é difícil, por isso nos alegramos com cada vitória, cada levante e cada dificuldade superada, por isso nós acordamos todos os dias e lutamos, pois a cada vitória é uma satisfação imensa que sentimos, não por alguém nos elogiar e muito menos para sermos vistos como exemplo, mas por sabermos que somos capazes de ir muito mais longe do que um dia pensamos que seria possível.

Não é simples, nada vem de graça e muito menos com poucos esforços, mas aprendemos com a vida, nenhuma pessoa que aprendeu muito lhe dirá que aprendeu o que sabe hoje com festas, com alegrias e muito menos com comemoração, as grandes coisas que aprendemos e de fato, nos mudou e nos tornou pessoas diferentes e mais fortes e experientes, foram com grandes problemas e dificuldades, daquelas de nos faz ficar de joelhos e muitas vezes com o rosto no chão, que nos colocam em nossos limites onde muitas vezes caímos, mas só sabemos o quanto iremos aprender se nos colocamos de pé e dispostos a encarar esses problemas e essas dificuldades com coragem, determinação e vencê-los.

Não podemos escolher as coisas fáceis e simples, estamos em constante mudança conforme vamos amadurecendo e evoluindo e, é normal que mudemos com cada vivência e aprendizado, quem se nega a fazer isso esta parando na vida e no tempo.

"Uma pessoa não é derrotada quando ela perde, mas quando ela desiste ao se deparar com as dificuldades aparecendo."

Paulo Cuba

terça-feira, 8 de outubro de 2013

O mais valioso no mundo

O que é mais valioso para muitos é poder, dinheiro, status, beleza ou qualquer outro tipo de futilidade.

Mas o que realmente torna algo de valor e o que dimensiona este valor? O ouro só é caro por ser raro, a beleza por não ser todos que tem a mesma beleza moldada pelos padrões fúteis da sociedade, o status muitas vezes pela luxuria e de pessoas interesseiras, falsas e oportunistas, o dinheiro pela cobiça futil e o poder não pelo poder, mas pela falsa sensação de poder, pois com algo que ameace sua vida, você vê que é tão frágil quanto qualquer outra pessoa no mundo.

Mas o que seria algo de valor universal, de poder imensurado de tal forma que não se pode colocar em números ou contabilizar em qualquer tipo de matemática? Bom, muitos podem dizer que é isso ou aquilo.. Eu digo que é a confiança. Alguém pode me perguntar o porque e eu respondo.
Um homem muito rico, com a falsa sensação de poder, com status global, com beleza encantadora paga alguém para proteger sua casa, seus bens e principalmente a sí mesmo, porque sabe que lá no fundo é igual a todos, e só mantém do lado alguém o protegendo porque confia nessa pessoa, porque também sabe que a pessoa que tem mais chances de acabar com ele é justamente quem o protege, ou seja, deve conhecer e confiar nessa pessoa. Não importa o dinheiro que pague, não importa o quanto acha que vale e muito menos o “poder” que acha que tem, precisa confiar em alguém só para se proteger, ou seja, sem confiança não importa o qual rico ou o “poder” que acha que tem, isso tudo não vale nada.

Portanto, pense bem em algumas coisas:

Poder acaba quando seu dinheiro acabar;

Beleza acaba com o tempo, e não importa o que faça, uma hora não vai dar mais certo;

Status só tem porque tem pessoas falsas e interesseiras a espreita esperando uma migalha sua, até ter a chance de pegar algo e valor;

Caráter a pessoa tem ou não tem;

Agora quem confia em você não liga se você é rico, bonito, popular ou que tem algum poder, quando alguém confia em você, te vê como ser humano, como pessoa e com alguém que existe além das aparências, é quando alguém respeita você por ser você, e isso não há dinheiro no mundo que pague a sensação de ser respeitado como pessoa, como ser vivente.

Pensem bem no que você coloca valor em sua vida e o que realmente tem valor em sua vida, e veja que as coisas de maiores valor não tem cifrões ($$).

Paulo Cuba.

Vida

Vivo, conforme vivo tenho sofrimento e alegrias, tenho dores e prazeres.

Vivo, com a vida tenho amores e medos, com isso crio pensamentos que se tornam gestos, que viram versos, dos versos viram desejos.

Vivo, com a vida tenho experiências e vivo mais. Antes sofria, hoje me alegro graças ao que vivi.

Paulo Cuba.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Mentiras

A mentira é uma coisa que ao meu ponto de vista destrói qualquer tipo de convivência que possa existir.

Se você não confiar em alguém, você não consegue conviver com esta pessoa, não consegue se preocupar com ela e muito menos consegue ajudar, porque a desconfiança sempre tirará qualquer tipo de credibilidade que esta pessoa possa receber.

Portanto, se você é desta pessoa que mente porque é imaturo(a) de mais e mente para querer aparecer e se achar o foda, pensa bem em uma coisa. O que você ACHA que esta ganhando é tão pouco e corruptível do que ganharia sendo sincero e verdadeiro em tudo o que faz. O que se ganha sendo sincero e verdadeiro pode parecer pouco, mas este pouco tem muito mais força e valor do que o que se ganha enganando uma pessoa que lhe deu algo muito importante, que é a confiança.

Existe uma coisa chama lei tríplice... tudo o que se faz seja bom ou ruim voltará para quem fez. Se sua vida esta parada, não anda pra frente e você sente como se o mundo ao seu redor tivesse parado, tenha certeza que são seus atos e ações que tem feito sua vida ficar um lixo!!

Comece parando de mentir, porque se alguém for querer ser seu amigo(a), vai ser pelo o que você é interiormente, e não pelas mentiras e teatrinho que conta.

Autor: Paulo Cuba.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Fantasmas Interiores


Existem pessoas que passam a vida tentado viver, mas não conseguem, pois ficam amarradas em seus medos e receios, com laços criados por elas mesmas.

Usam as vezes um desafogo, algumas encontram isso em baladas, outras em bebidas ou drogas, outra se isolam procurando viver dentro de sí mesmas com medo de sair e enfrentar seus medos.

O medo por um lado é uma coisa boa, muitas vezes nos livram de problemas ou de armadilhas, por outro lado, quando deixamos que nossos medos controlem nossa vida, nossa mente e nosso comportamento, ele passa a ser não um protetor, mas um carrasco e quanto mais cedermos ao medo mais ficamos presos e vemos a vida passar diante de nossos olhos como uma criança que para em frente a vitrine admirando um brinquedo que queria muito ter.

Não é fácil enfrentar nossos medos, sou prova disso de quanto é difícil e o quanto sofremos, é como se estivéssemos arrancando algo enraizado de dentro de nossa alma. Trememos só de imaginar ir pra fora de nosso mundo protegido e aos nossos olhos seguros onde nos sentimos protegidos, chega a doer só de imaginar.

Dizer como sair e enfrentar o medo é algo que até hoje me arrepia pois é doloroso, da uma angustia, um frio, podendo até chegar a um pavor. Não sei como dizer, é como se em uma noite fria e sem a luz da lua entrássemos em uma floresta sombria sem a chance de poder voltar, porque quando olhamos para trás só vemos aquela angústia que nos forçou a sair de lá, poderíamos ficar e sofrer a angústia achando que estamos bem, felizes e seguro, mas é uma mascara que colocamos para mentir para nós mesmo, porque só aceitávamos estar lá porque temos medo de sair. Ao entrar na floresta sombria imaginamos diversos perigos e armadilhas, monstros e pessoas que veem com beijos e abraços apenas esperando a chance de nos atacar pelas costas.

Esses são nossos medos, medo de pessoas que um dia sofreu quando confiou em alguém, quando entregou seu coração e sua amizade para uma pessoa que pensávamos que faria o mesmo por nós, medo de encontrar alguém que só quer ver o circo pegar fogo e se regozijar com a queda e o choro de alguém.
Tudo isso esta nesta floresta sombria, mas é o único caminho que existe até o outro lado dela que é onde realmente estaremos bem, felizes conosco mesmo e se sentindo fortes. Ao olharmos para trás vemos a nós mesmos enfrentando tantas coisas, tantos perigos que outrora jamais sonhávamos em enfrentar, vemos que somos mais capazes do que um dia pensávamos que fosse e sentimos orgulho de nós mesmo, neste momento sentimos o que realmente é felicidade e o que é satisfação e prazer próprio.

Da medo, gela nossos ossos e trememos quando enfrentamos nossos medos mais profundos, aqueles que nos assombram e nos fazem fraquejar, mas quando chegarmos no final de nossa jornada descobrimos que desde o começo estamos lutando com nós mesmo, com os medos que deixamos entrar e se alojar de nossa alma e endurecer nosso coração.

Assim como Verônica Shoffstall em um de seus mais belos, fortes e emocionantes textos disse em O Menestrel:

"E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar."

Não é fácil, sei muito bem disso, mas só viveremos em nossa plenitude quando enfrentarmos nossos mais sombrios e profundos medo.

Confiar não é errado, errado é trair a confiança que nos foi dada.

Paulo Cuba.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Coração de Mulher


"Doce mulher,
Mulher com coração de menina,
Que teve que crescer mais cedo do que pretendia.

Mulher madura com sonhos de menina,
Sonhos que voam pelo pensamento,
Onde só em seu intimo revela seu verdadeiro sentimento.

Mulher forte com lágrimas que percorrem em seu rosto quando mais ninguém pode ver,
Mas somente ela sabe o peso que cada gota faz ela sentir.

Mulher peculiar que sonha com seu amor,
Um amor oculto ao meio de muitas ilusões,
Amor quente e terno que ela tanto anseia em seu peito como um abraço quente e eterno.

Mulher menina,
Menina em um corpo de mulher
Mulher com o coração de menina."

Autor: Paulo Cuba

quinta-feira, 21 de junho de 2012

O Valor de Nossos Pensamentos

Quanto mais pensamentos negativos temos, mais situações negativas estão propicias a acontecer em nossas vidas.

Quando reclamamos de tudo e até mesmo de situações ou acontecimentos simples, através disso geramos pensamentos negativos e  atraindo esta negatividade em nossas vidas e passando de uma forma indireta essa negatividade para as pessoas que estão ao nosso redor ou convivendo em nosso cotidiano, e isso é fato. Vejam um exemplo, quando estamos bem animados e alegres e encontramos pessoas que estão sempre de mal com a vida, reclamam de coisas simples, acabamos querendo nos afastar daquela pessoa, pois por estarmos com energias em boas vibrações e encontramos alguém com uma energia com vibrações não tão boas, com isso podemos sendo afetado. É o que acontece quando estamos em um lugar empolgados, animados e cheio de energia e sem nenhum fator emocional, como lembrar de algum problema que nos afete, simplesmente ficamos desanimados, perdemos a motivação. Isso em muitos casos acontece porque alguém, intencionalmente ou não, esta com energia negativa naquele ambiente e acabou afetando a sua também.

Existe casos diferentes, quando estamos tristes e amargurados e naturalmente nossa energia fica como sentimos, ruim, e alguém vibrando uma energia boa e se aproxima de nós conversando ou apenas com sua presença, começamos a nos sentir melhor.

Em ambos os casos, o que acontece é um choque entre as duas energias, a que se sobre sai a outra não é pela intenção da energia, mas sim como se deixa ser influenciado por ela e a força que podemos usá-la.

Além disso e principal, quando estamos reclamando de tudo, emanamos tanta energia negativa que isso irá acabar afetando outros pontos de nossa vida que antes estavam bom, e se continuarmos com este ritmo e hábito nossa vida acabará acontecendo tantas coisas negativas que não sentiremos mais prazer em nada até mudarmos nossa forma de agir e reagir diante das situações que nos acontecem.

Quando pensamos, falamos ou mesmo agimos de forma negativa, enviamos energia negativa ao universo, e esta energia voltará para nós, mas ela não voltará igual a enviamos, ela voltará três vezes mais forte.
Um exemplo, imagine uma “liguinha”, aquele elástico que usamos para segurar papeis, dinheiro etc.

Ao esticarmos é usado uma uma certa força e velocidade, porém quando o soltamos ele volta bem mais rápido e a força de impacto é maior do que quando a esticamos. Imagine que a energia cinética que força a "liguinha" a voltar, tem uma sintonia ou digamos, uma intenção, se a intenção foi negativa ela volta negativa, se foi uma intenção positiva, ele volta impulsionada de forma positiva.

Isso acontece porque tudo o que existe como ar, água, a terra, eu.. você, os animais, tudo é feito de Átomos. Cada “anel” que é o caminho que os elétrons percorre e circula ao redor do núcleo é como o exemplo da "liguiha".Ao pensarmos negativamente ou positivamente, é como se estes círculos pulsassem enviando aquela energia que motivou esta pulsão, e quando volta, ele volta mais rápido e carregado da mesma energia e recebemos de volta o que enviamos. Se enviamos com muita frequência energia com raiva, rancor, ódio, inveja ou qualquer tipo de energia negativa, iremos aos poucos nos tornando pessoas menos felizes e mas vazias.

Perdemos muito tempo de nossa vida pensando de forma negativa e nos prejudicando com isso. Quando estamos em presença de pessoas sempre animadas (animadas de verdade e não o famoso teatrinho de aparências, ou chamado de "Fazer o social), gostamos e sentimos prazer de estar próximo de pessoas assim, e se permitirmos, esta energia positiva pode nos deixar bem e também animados.

Pensamentos positivos pode solucionar muitos males e até mesmo doenças, não apenas é algo psicológico, mas muitas da doenças que temos é causado por causa de nossos pensamentos ou por termos nos reprimido tanto, e com isso o o cérebro acaba enviando em nossa corrente sanguínea uma quantidade muito grande de toxina que pode causar muitos males, como o câncer por exemplo.

Se pensarmos de forma sadia iremos ser mais felizes, alegres, saudáveis e situações boas acontecerão com mais frequências em nossa vida.

Lembre-se, muitos pensamentos negativos podem causar câncer entre outros tipos de doenças...

Sei que devido a problemas, dificuldade financeira, amorosa, familiar ou qualquer outro de âmbito pessoal, é difícil termos bons pensamentos, sei que se estamos caminhando em um dia nublado e sem guarda-chuva e cai aquele pé d’água, fica difícil pensarmos algo bom... Mas podemos dar risada da ironia do que aconteceu. Ou podemos usarmos isso como um aprendizado e sairmos de casa na próxima manhã nublada e propicia a chuva levarvando um guarda-chuva por precaução, pode ser um pouco chato carregá-lo, mas pelo menos não tomaremos chuva.

Muitos dos problemas que temos são resultados de ações que nós mesmos provocamos ou temos parcialidade nele. Então porque reclamar de algo que procuramos direta ou indiretamente se é culpa nossa mesmo? Assumir um erro, um problema ou mesmo um vacilo nosso não é vergonha nenhuma e nem é fraqueza.

Vergonha é não termos coragem de assumir e aprendemos com nossos erros, afinal de contas, nós não nascemos sabendo e é um prazer aprendermos algo que antes não sabíamos, além do mais, isso irá nos ajudar em problemas futuros e até podemos ajudar outras pessoas também.

Se estamos com um problema financeiro e isso tira nossa paz, nos perturba e nos deixam estressados e irritados, realmente é uma situação difícil, mas pergunte para você mesmo(a), vale apena se irritar? Vale apena xingar e com isso poder te causar uma gastrite nervosa? Pergunte a você mesmo e veja se você ganha algo com isso ou mesmo se irá aparecer mais dinheiro para você... Acho que não.

Também não é para sair rindo a toa com a falta de dinheiro, mas é um momento de manter a calma e ver qual o melhor meio para resolver isso. Caso não haja, faça novamente aquela pergunta para você mesmo, vale apena xingar ou se irritar com tudo e com todos? Acho que não, e o pouco de alivio que tem com essa liberação de raiva só vai te trazer mais raiva, pode não ser na hora ou no mesmo momento, mas isso refletirá mais para frente em sua vida.

Um pensamento bom cobre muitos pensamentos ruins, pois o pensamento bom é mais forte. Mas muitos pensamentos ruins cobre um pequeno pensamento bom, o sufocando.

Diante disso, veja o que você realmente deseja para sua vida, enfrente os problemas, aprenda com as dificuldades que a vida nos coloca, vença os desafios e descubra que é muito mais prazeroso rir de um problema do que se irritar com ele... Não é fácil, mas com a prática você verá o que um velho filósofo Chinês chamado Confúcio disse uma vez:

“Se um problema não tem solução, para quê se estressar, ele não te solução mesmo. E se um problema tem solução, o porquê se estressar, ele tem solução.”

O estresse, a raiva, rancor são momentos que escolhemos porque em certas horas, aos nossos olhos são o que mais nos dão prazer como uma válvula de escape. Mas o quanto que perdemos com este comportamento compensa o pouco que ganhamos? Se sua vida diante de tantos pensamentos negativos esta cada vez pior ou, quando tudo parece bem acontece alguma coisa para te desanimar, vale apena se enfurecer e deixar tudo pior? Pergunte a você mesmo.

A vida de uma pessoa que ri dos problemas é mais feliz do que a vida de uma pessoa que amaldiçoa tudo por causa de um dia de “chuva”.

É muito importante nos esforçarmos para que um acontecimento não tire, pelo menos não por muito tempo, a paz e serenidade de nossos pensamentos e de nossa alma.

“Boa parte de nossa felicidade depende da qualidade de nossos pensamentos”

Pense nisso.

Autor: Paulo Cuba

quarta-feira, 20 de junho de 2012

A vida não é um filme.


Muitos dizem que a vida é como uma novela, mas sabemos que não é bem assim.

Em filmes e novelas quando um duas pessoas passam por algum problema sempre um faz a parte de entender e compreender bem a outra pessoa, e no final a outra parte reconhece isso e ambos acabam bem. Na vida real a situação é um pouco diferente, pois aquela pessoa que faz a o papel de compreensível fica de canto com esperanças de que a outra pessoa em algum momento vai reconhecer e tentar mudar as coisas, e quase sempre acaba na pior situação.

Mas porque será que isso é assim?

Com o passar do tempo vi que quando uma pessoa propõe a fazer a coisa certa muitas vezes acaba na situação difícil, porque por proporcionar segurança para alguém que não esta disposta a fazer o mesmo, e acaba criando o sentimento de “conquista”, que é quando a pessoa não tem algo e cativa alguém porque quer isso com ela, mas quando alcança este objetivo, o valor que via antes deixa de ser tão valioso assim e passa a descartar a pessoa aos poucos. Isso acontece tanto em relacionamentos quando em amizades.
Isso acontece em muitos dos casos quando um dos lados tem intenções construtivas e quer algo duradouro, e a outra pessoa já não tem as mesmas intenções.

É uma situação chata e delicada, mas que é necessária para ambas as partes. De um lado, a pessoa com intenções duradouras, passa a identificar a outra pelos comportamentos e atitudes quem é quem, e a outra pessoa passa a avaliar e reconhecer que ainda existe pessoas sinceras. Ela também pode passar a conhecer mais de si mesmo também, e no futuro saber entender seu sentimentos e talvez não praticar mais isso, pois nem todas as pessoas agem de má fé.

O que fica no final de contas, são as experiências e momentos novos que viveu e que aprendeu, fica na “bagagem da vida” algo que antes essa pessoa não tinha, tanto uma quanto a outra.
Um caminho pode ser percorrido de uma forma branda e tranquila, ou pode ser um caminho turbulento e difícil. Como ele vai ser o seu caminho depende de como você lida com os problemas e obstáculos que a vida coloca em nosso caminho.
Nunca podemos abaixar a cabeça e desistir e tentarmos sermos feliz, mesmo com traumas, problemas e receios que acabamos criando por más experiências que nos marcaram, pois podemos perder oportunidades boas que tanto desejamos.

“Um guerreiro não é aquele que não tem medo, é aquele que sabe do perigo e traça o caminho com sabedoria e nunca recua quando encontra uma situação nova que não sabe lidar.”

Autor: Paulo Cuba.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Os dois lados da moeda.

Podemos não ter o melhor emprego, o corpo mais bonito e nem ter a popularidade que gostaríamos. Como dizem, a vida nem sempre é como queríamos.

A vida é como uma porta, sempre tem os dois lados, o direito e o esquerdo, e a vida também é assim e tem sempre os dois lados que é o bom e o ruim. O que vai determinar nossa felicidade não é exatamente o que acontece conosco, mas sim para qual lado iremos olhamos por mais tempo e qual destes lados deixamos afetar nossa vida.

Uma lenda diz que a muitos anos havia um sábio Xamã e um aprendiz em meio a floresta. Esse jovem aprendiz estava passando por algumas dificuldades em sua vida e quis conselhos do sábio xamã e lhe fez uma pergunta:

- A vida é muito difícil e triste, como podemos encontrar paz e felicidade, se eu sempre procurei e nunca encontrei?

O velho Xamã lhe conta uma história.

- Os antigos dizem que dentro de todos os homens e mulheres existem dois lobos que lutam todos os dias, as vezes um é mais forte do que o outro. Um se chama amor e o outro se chama raiva.

O jovem lhe faz uma pergunta.

- Qual deles vence?

O sábio Xamã olha em seus olhos e diz.

- O lobo que vence é aquele que VOCÊ mais alimentar.

Nossa felicidade e satisfação encontramos quando valorizamos o que temos, e quando olhamos para trás e lembramos que não tínhamos quase nada e vemos que e o que temos hoje é fruto de nossa luta, dedicação e esforço.

Problemas e dificuldades todos passam, e passamos porque por problemas porque ainda não sabemos resolve-los, pois é um aprendizado que estamos passando. Mas temos que ter dedicação e força, porque se desistir, a vida não vai te poupar por isso e vai continuar mandando essas situações até você resolver-las.

Paulo Cuba.

sábado, 25 de junho de 2011

O que é felicidade?

Muitas pessoas acham e procuram a felicidade em realizar e alcançar um emprego bem sucedido ou uma posição social que possam o destacar e ser reconhecido ou, conhecido...

Algumas pessoas que conseguiram procurar a felicidade em cima dessa filosófica descobriram que não ficaram satisfeitas ou realizadas... Mas porque?

Pelo simples fato que quando procuramos a felicidade, que nada mais é do que a satisfação pessoal ser realizada em cima de objetivos que nao são traçados ou determinados por nós mesmo, mas por sermos influenciados por outras pessoas, como família, amigos ou o principal, a sociedade hipócritas e manipuladora.

Falando de mim mesmo como uma reflexão, descobri que uma pessoa só alcança a felicidade quando realiza e satisfaz suas vontades e desejos pessoais, e para isso ela tem que fazer e caminhar por caminhos e buscar situações que ela quer, indiferente se a família, amigos ou a sociedade irá apoiá-la ou não, porque no fim o que realmente vai satisfazer a pessoa e ela se sentir feliz e realizada não é se a família, amigos ou o mundo irá apoiar ou reconhecer o seu objetivo alcançado ou a conquista que você teve, mas se sentira feliz e realizado por alcançar e sentir a conquista de um objetivo pessoal, planejado e mentalizado pelas suas vontades, desejos e curiosidade, sem levar em conta ou ser manipulado (controlados) pelas opiniões de terceiros, mas somente a sua. Pois se buscamos a felicidade e realização baseada no que as outras pessoas acham e dizem que é melhor para nós, seremos apenas marionetes das vontades e desejos dela, e muitas vezes vontades que ela quiseram para sí mesmo, mas não tiveram coragem de negar muitas coisas para caminhar seus próprios caminhos. Podemos receber conselhos e orientações de pessoas que reconhecem nossa vontade de trilhar nosso próprio caminho e nos ajudam a seguir de forma mais segura? Sim, desde que percebemos que a vontade dela não é nos manipular para fazer de nossa vida o que ela queria pra vida dela e quer nos empurrar, pois seremos desviados de nosso caminho.

Felicidade de verdade é satisfazermos nossa vontade, desejos e seguir o caminho que desejamos sem medo de retaliação ou preconceito, pois no final poderemos perder, sim, mas se ganharmos seremos vencedores de nós mesmo.

Autor: Paulo Cuba.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Caminhos

Muitas vezes nos colocamos em situações a onde sabemos ou, temos noção dos riscos que corremos.

A questão é, vale a pena corrermos um risco que sabemos lá no fundo que não é uma boa escolha ou decisão, mas porque fomos seduzidos pelo prazer e êxtase daquele momento?

Bom, no final de tudo o que nos restará é apenas a experiência que vivemos, como a utilizaremos dependerá de algumas coisas muito importantes para podermos amadurecer com ela.

Não adianta nos arriscarmos a fazer algo onde há grandes riscos de se arrepender depois porque tomamos a decisão errada, e no final das contas nos colocarmos como vitimas... Vitimas de nós mesmos e ficarmos como loucos procurando algum culpado... Normalmente as pessoas colocam a culpa no destino, outras em uma entidade maligna que quer a destruição da humanidade (parece história de desenho animado), ou pior, colocamos a culpa em outra pessoa, normalmente alguém próximo...

Mas indiferente do que queremos ou escolhemos, todas as nossas experiências são válidas e grandiosamente valiosas... Desde que as vemos desta forma e saibamos como absorver o lado bom delas.

Para tudo existem os dois lados... Bem ou mal, certo e errado, direita e esquerda... Sempre existirão os dois lados, pois se um deixar de existir o outro automaticamente também deixará. O que torna isso diferente é como lidamos com eles.

Se passamos por um momento difícil e sofrido podemos ficar arrasados, tristes e desgostoso da vida. Faz parte desse momento, e é o que ele tem que nos causar.

Se vamos ficar no fundo do posso e deprimidos, bom, isso é algo que somente nós iremos escolher, mas se esta no fundo do poço, o único caminho que nos sobra é o de subir. Podemos sim escolher ficar no fundo do poço, sermos as vitimas, muitas vezes vitimas de nós mesmo... Claro, é uma escolha que podemos optar, mas o que ganhamos com isso? Compaixão? Pena? Atenção? Sim, podemos ter isso de outras pessoas, podemos nos fazer de “falso cocho” e ficar nessa vidinha sendo os coitadinhos para todos terem pena de nós, ou podemos levantar a cabeça e enfrentar as dificuldades com coragem e determinação, ir atrás de um sonho e ter um objetivo, sair da mesmice.

Uma coisa é certa, se queremos um final diferente, devemos traçar um caminho diferente; Ou podemos ficar acomodados e reclamando da vida, de tudo e de todos que ninguém nos entende, mas a questão é, o que tem feito para mudar e melhorar as coisas?

"Quem quer algo, arruma um meio; Quem não quer, arruma uma desculpa."

Ao seguimos um caminho e fizer algo de uma forma e o resultado não foi o que esperávamos, porque vai fazer igual de novo?! Porque não arriscar algo novo, mudar o comportamento e as escolhas para melhorar as chances de ter algo melhor, as chances de ter um resultado diferente e melhor são muito maiores se for comparado com o caminho e o comportamento errado que teve anteriormente.

E não adianta usar a desculpa mais conhecia no meio de pessoas acomodadas que não querem se esforçar e melhorar que é essa: “Ahh mas eu sou assim” A questão é, você é assim ou prefere ser assim? Pense e veja o que realmente vale a pena.

Autor: Paulo Cuba

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Perfeição

Muitas pessoas procuram a perfeição seja no corpo perfeito, no cabelo perfeito entre inúmeras coisas. Mas será mesmo que a tão procurada perfeição existe?

Sempre que desejamos algo perfeito e quando “achamos” que o encontramos, depois de um tempo ficamos insatisfeitos e procuramos outra coisa ou a melhoria do que antes já era perfeito.

Se uma mulher vai a um salão e quer o cabelo da forma e da cor que deseja, não passa muito tempo e ela vê em outra mulher ou em uma revista um corte, um tom ou algo que chame a sua atenção. Acontece também quando achamos que estamos com o corpo perfeito, acabamos nos deparando com alguém que tem um corpo diferente e que também nos chama atenção, e vamos procurar ter o corpo mais próximo do que nos causou um pouco de inveja.

Na verdade a perfeição ela é um mito ou uma lenda. Esta naquilo que não temos e achamos que seremos mais felizes com a conquista e, sem percebemos acabamos entrando em um ciclo vicioso e muitas vezes sem fim.

Não estamos errados em procurarmos conquistar aquilo que nos deixa mais bonitos ou confiantes, faz bem para nós termos uma autoconfiança e uma autoestima, mas sem exageros.

Muitas das coisas que procuramos para sermos felizes esta no que já temos, mas para as enxergarmos precisamos ver a beleza das coisas que possuimos, aprendermos a lidar com nossas diferenças e defeitos, ver que tudo de mais belo não esta nas coisas grandiosas mas sim nos pequenos detalhes, nos pequenos gestos.

Um bom comportamento, uma palavra gentil, um carinho transforma alguém politicamente fora do padrão de beleza em uma pessoa bela, única e de grande valor.

Precisamos aceitar como somos e encontrar nossas belezas particulares, aquelas que nos tornam únicos dentre bilhões de outras pessoas, ver que não é porque não temos o corpo, a cor ou o cabelo de alguém que admiramos, que somos menores do que elas... e nem que somos maiores, simplesmente somos únicos. A mesma coisa devemos fazer com as pessoas que nos rodeiam, com aquelas que gostamos de estar perto e que nos causam momentos de prazer e felicidade.

Um exemplo, particularmente adoro móveis antigos, vejo neles uma beleza que não se encontram nos mais modernos que tem hoje, pois em muito deles da para ver o talento e a arte que uma pessoa colocou neles.

Muitas vezes temos tudo o que precisamos para sermos felizes, mas só de não reparar na grandeza das coisas que temos e em sua beleza e valor, deixamos passar a oportunidade que tanto procuramos.

“Algo simples se torna um problema quando você o encara como um problema. Paulo Cuba”

Autor: Paulo Cuba