quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Amigos e Amizades

Amigos. Às vezes sofremos por muitas desilusões com amizades.

Já ouvi casos de que uma “amiga” acabou ficando com o namorado da “melhor’ amiga dela ou ele acabou ficando com a namorada do melhor amigo, isso entre outros casos. Mas a questão é, quem é o amigo de quem ou quem é o melhor amigo de quem nessa história?

Eu posso ser o melhor amigo de uma pessoa, isso é o que eu sinto por esta pessoa, então eu vou tratar esta pessoa pelo o que eu sinto por ela e por isso eu quero ser o melhor amigo para ele ou ela. Isso sou eu, vem de mim. Mas tem uma questão, essa pessoa é meu melhor amigo?

Julgamos muitas coisas por aquilo que achamos e pensamos tudo muito pessoal e peculiar para nós, mas isso apenas para nós, e esquecemos de pensar o que somos para a outra pessoa, deixamos de pensar na outra pessoa e se o que fazemos para ela, ela gosta de nossa companhia e de estar conosco. Pensamos sempre que NÓS gostamos de estar com esta pessoa, NÓS gostamos de conversar com ela e da presença dela.

Ai em um belo dia essa pessoa que até então para nós era uma pessoa que respeitávamos muito e tínhamos um carinho e afeto tão forte, nos trai. Isso, trai nossa confiança ou nos usa apenas para proveito próprio ou, simplesmente quando esta na presença de outra pessoa ou outros amigos(as) nos tratam com desprezo ou descaso, e isso nos machuca muito pois vemos que o valor que essa pessoa tem por nós é menor do que o valor que damos pra ela.

Mas essa pessoa esta totalmente errada? É algo que precisamos pensar, pois todo aquele “mundo” que criamos sobre essa pessoa foi criação nossa, é válido em nosso mundo porque nós acreditamos naquilo, mas isso não quer dizer que isso seja a mesma coisa para aquela pessoa.

Precisamos muito avaliar os valores que damos para as pessoas e nos policiar para sabermos se não estamos cobrando o mesmo valor dela, pois se estivermos fazendo isso, estamos criando uma expectativa sobre possíveis comportamentos que esta pessoa possa ter conosco. Mas lembre-se, isso tudo que estamos criando esta dentro da nossa cabeça, e tudo isso porque? Porque somos bobos? Não! Definitivamente não é por isso.

Entre vários motivos o mais comum é que somos pessoas que gostamos de tratar bem os outros e sabemos o verdadeiro valor da confiança, e quando tratamos uma pessoa assim almejamos dentro de nós que estas pessoas nos tratem assim também com os mesmos valores. Erramos apenas quando deixamos que nossa vontade e expectativas entrem no lugar da razão e da vontade de outras pessoas.

Lembre-se, você pode ser o(a) melhor amigo(a) de uma pessoa, pode ser fiel e ser todo confiável sobre o que lhe é falado, mas isso não quer dizer que essa pessoa tenha o mesmo comportamento ou compromisso com você, porque até então você é o melhor amigo para esta pessoa, mas quem é o melhor amigo que esta pessoa vê e considera?

Não se afaste dessa pessoa e continue sendo o(a) melhor amigo(a) que você pode ser, porque no futuro você será reconhecido pelo que você faz pois mostrará para todos quem realmente você é e aqueles que não te valorizaram verão o amigo(a) que perderam.

Paulo Cuba

3 comentários:

Sammy disse...

Pauuuloooo??
Meu uq tu ta fazendo aii ?
ESCREVE UM LIVRO !!!
VC EH MUITO FERA... MUITO BOM NO QUE ESCREVE, SABE USAR PALAVRAS CERTISSIMAS! POW ADOORO ESSE BLOG...
ALEM DISSO VC DARIA UM ÓTIMO PSICOLOGO

Verônica disse...

Bróóóóóóóóóóódiiii....
MMUITOO FERA (y)..
AMEEI O TEXTO..
ee é REALMENTE a verdade...
Infelizmente nem tudo na vida é do jeito q a gente kéér..

ADOROO VC BRÓDII <3

Ianae disse...

Eaee Paulão.
Muito lindaas suas palavras.

AS vezes acabamos dando tanta importância pra quem não tá nem ai para nós.

Infelizmente não podemos igualar o sentimentos, né?!
Beijos
Parabéns.